Noticias

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação vai financiar o desenvolvimento de insumos farmacêuticos

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) vai lançar um edital para financiar projetos de insumos farmacêuticos das empresas. A afirmação foi feita pela secretária de Políticas e Programas Estratégicos do MCTI, Márcia Barbosa, durante audiência pública no Senado sobre o desenvolvimento de vacinas no país nesta quarta-feira (29). Segundo ela, o edital deve ser lançado ainda em 2023 através da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

“Estamos lançando um edital para criar o meio ambiente dessas empresas intermediárias que vão sair pelo país prospectando molécula nova e, a partir disso, deixar pronto para embalar para as grandes indústrias farmacêuticas”, disse a secretária.

Márcia Barbosa afirmou que o Brasil está preparado e tem capacidade para avançar em estudos sobre vacinas. “A gente tem capacidade, mas precisamos de mais investimentos, apoios e sinergia para fazer essa transição. Tenho certeza que vamos conseguir com essa união do Executivo, Legislativo, Judiciário e com a população. Essa parceria vai industrializar o país e vai colocar de pé o Complexo Industrial da Saúde.”

A secretária do MCTI lembrou de outros editais lançados este ano para o desenvolvimento de fármacos nacionais, como a chamada no valor de R$ 12 milhões para apoiar projetos sobre o H5N1, um subtipo de vírus da gripe influenza A. “Nós já estamos fazendo o monitoramento, e vamos desenvolver uma vacina e um medicamento para a questão aviária, que é uma questão econômica fundamental no Brasil”, explicou.

O H5N1 é conhecido por ser altamente patogênico em aves e, em alguns casos, causar infecções graves em seres humanos. A chamada (CNPq/MCTI nº 17/2023) vai fomentar projetos para permitir um melhor entendimento da doença, incluindo sua transmissão, características clínicas, fatores de risco e evolução.

Saúde mental

Márcia Barbosa também apontou mais dois editais. Um deles será voltado para a criação de uma Rede Brasileira de PD&I em Saúde Mental. A chamada CNPq/MCTI nº 24/2023 prevê pesquisas para o desenvolvimento científico tecnológico e a inovação no país por meio da criação de Rede em Saúde Mental. “Todo mundo diz que voltamos pior da pandemia, mas não temos dados sobre isso. Por conta disso, estamos com um edital para a análise da saúde mental do brasileiro já apontando para tratamento e talvez para a ampliação de medicamentos.”

Outra chamada do CNPq/MCTI visa contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico por meio da criação de uma Rede PD&I em Síndrome de Down. “As pessoas com Síndrome de Down têm estágios precoces de doenças cardíacas e autismo. Síndrome de Down é um relevante grupo para estudo de demência. É importante acompanhar essa população e entender o que na genética dessa população leva a esses problemas.”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo